Uma Empresa do Grupo E-Dialog

Lead Scoring: o que é e dicas práticas de como utilizar a técnica
maio 24, 2024

Lead Scoring: o que é e dicas práticas de como utilizar a técnica

Por Lilian Delfino

A eficiência das estratégias de geração de leads comanda o sucesso das campanhas. Entretanto, capturar leads é apenas o primeiro passo. Para garantir que os esforços de marketing sejam direcionados corretamente, é essencial saber quais leads têm maior probabilidade de se converterem em clientes. É aqui que entra o Lead Scoring

Neste artigo, vamos explorar tudo sobre o assunto. Continue a leitura e confira:

  • O que é Lead Scoring?
  • Critérios para Lead Scoring
  • Qual a diferença entre Lead Scoring e Lead Tracking?
  • Como aplicar a qualificação de leads?
  • Passo a passo para criar sua própria classificação de leads
  • Melhores ferramentas de Lead Scoring
  • Conclusão

Ao final, você terá uma compreensão clara de como essa técnica pode transformar suas estratégias de marketing e vendas.

O que é Lead Scoring?

Lead Scoring é uma metodologia utilizada por equipes de marketing e vendas para avaliar e classificar leads com base em seu potencial de conversão. Esse processo envolve atribuir pontos aos leads com base em uma série de critérios pré-definidos, como comportamento, dados demográficos e nível de engajamento. 

Quanto maior a pontuação, mais qualificado é o lead. O objetivo do Lead Scoring é identificar quais leads estão mais prontos para serem abordados pela equipe de vendas.

Existem diferentes ferramentas e plataformas que podem auxiliar no processo de Lead Scoring, como RD Station, HubSpot, Salesforce e ActiveCampaign. Cada uma dessas ferramentas oferece funcionalidades específicas para ajudar na automação e precisão do processo, garantindo que os leads sejam classificados de forma eficaz. 

Com um sistema de Lead Scoring bem implementado, podemos focar esforços nos leads com maior potencial, aumentando a eficiência e a taxa de conversão.

Critérios para Lead Scoring

Para implementar um sistema de Lead Scoring eficaz, é necessário definir critérios claros e objetivos. Esses critérios podem ser divididos em duas categorias principais: 

  • Dados demográficos: Baseado em informações pessoais e profissionais dos leads, como idade, cargo, setor de atuação, e localização geográfica. Por exemplo, um lead que ocupa uma posição de decisão em uma empresa pode receber uma pontuação mais alta;
  • Dados comportamentais: Se baseiam nas interações dos leads com sua empresa. Isso inclui visitas ao site, download de conteúdos, abertura de e-mails, entre outras ações. Leads que demonstram um alto nível de engajamento com seu conteúdo, geralmente, têm um potencial maior de conversão.

Além desses critérios básicos, é possível incluir outros fatores específicos ao seu negócio. Por exemplo, se sua empresa valoriza leads que participam ativamente de eventos do setor, essa participação pode ser um critério adicional no seu sistema de pontuação.

Depois de definir os critérios de Lead Scoring, é importante realizar testes e ajustes constantes. A eficácia do seu sistema de pontuação pode variar ao longo do tempo, e o acompanhamento regular permite que você faça as adaptações necessárias para manter a precisão e a relevância da classificação dos leads.

Qual a diferença entre Lead Scoring e Lead Tracking?

Embora Lead Scoring e Lead Tracking sejam conceitos relacionados, eles desempenham papéis distintos no processo de gerenciamento de leads. E compreender essa diferença é fundamental para maximizar a eficiência das suas estratégias de marketing e vendas.

Como mencionado anteriormente, Lead Scoring é o processo de atribuir pontos aos leads com base em critérios específicos. Esses pontos ajudam a determinar quais leads têm maior probabilidade de se converterem em clientes. 

A pontuação é baseada em dados demográficos e comportamentais, e o objetivo é priorizar os leads mais qualificados para que a equipe de vendas possa concentrar seus esforços neles.

Por outro lado, Lead Tracking é o processo de monitorar as interações e atividades dos leads ao longo do tempo. Isso inclui rastrear visitas ao site, cliques em e-mails, downloads de materiais, e qualquer outro comportamento que indique interesse nos produtos ou serviços da empresa. 

O Lead Tracking fornece um histórico detalhado das ações do lead, permitindo que a equipe de marketing personalize as estratégias com base no engajamento de cada lead.

Em resumo, enquanto o Lead Scoring classifica os leads com base em seu potencial de conversão, o Lead Tracking foca em monitorar as ações e o engajamento dos leads ao longo do tempo. 

Ambos os processos são essenciais para uma estratégia de marketing eficaz, pois fornecem insights complementares sobre os leads.

Dicas para captar mais leads em suas campanhas de marketing

Como aplicar a qualificação de leads?

Implementar um sistema de qualificação de leads envolve vários passos, desde a definição dos critérios até a utilização de ferramentas específicas. Estas são etapas fundamentais para aplicar o Lead Scoring de maneira eficaz.

  1. Defina seus critérios de pontuação: Identifique os atributos e comportamentos que são mais indicativos de um lead qualificado. Como discutido anteriormente, esses critérios podem incluir dados como cargo e setor, e engajamento com o conteúdo e interações com o site;
  2. Escolha a ferramenta certa: Existem várias ferramentas que facilitam o processo de Lead Scoring. Essas plataformas oferecem funcionalidades para automatizar e personalizar a pontuação de leads, permitindo uma implementação mais eficiente e precisa;
  3. Configure o sistema de pontuação: Utilizando a ferramenta escolhida, configure o sistema de pontuação com base nos critérios definidos. Isso pode incluir a atribuição de pontos para diferentes ações, como visitar uma página específica, baixar um e-book, ou se cadastrar em um formulário;
  4. Integre o Lead Scoring ao CRM: Para maximizar os benefícios do Lead Scoring, é essencial integrá-lo ao sistema de CRM. Afinal, isso permite que a equipe de vendas acesse as informações, facilitando a priorização dos leads mais qualificados e a personalização das abordagens de vendas;
  5. Monitore e ajuste regularmente: O processo de qualificação de leads não é estático. É importante monitorar regularmente a eficácia do sistema de pontuação e fazer ajustes conforme necessário. Isso inclui a revisão dos critérios de pontuação e a análise dos resultados das campanhas para garantir que os leads mais promissores estejam identificados e priorizados corretamente;
  6. Treine sua equipe: Tanto a equipe de marketing, quanto a de vendas têm que compreender como funciona o sistema de Lead Scoring e como utilizar as pontuações. Treinamentos regulares ajudam a manter todos alinhados e maximizam o impacto das estratégias de qualificação dos leads.

Passo a passo para criar sua própria classificação de leads

Passo a passo para criar sua própria classificação de leads
Classificar os leads é o primeiro passo para a segmentação de campanhas de marketing. Imagem: Upklyak/Freepik.

E como colocar em prática a estratégia de Lead Scoring? Pode parecer desafiador à primeira vista, mas com um passo a passo estruturado, é possível implementar um sistema eficiente. A seguir, apresentamos um guia prático para você começar a utilizar o Lead Scoring.

1. Desenhe o fluxo de pontuação

Determine como os pontos serão atribuídos às diferentes ações e atributos dos leads. Crie um fluxo que mapeie cada interação relevante com a empresa e atribua pontuações proporcionais ao impacto de cada ação no processo de compra ou contratação.

2. Implemente as regras de pontuação na ferramenta

Configure as regras de pontuação na plataforma escolhida. Defina os pontos para cada critério, como visitas a páginas específicas, cliques em botões estratégicos e cadastros.

3. Crie segmentos de leads

Utilize a pontuação para segmentar seus leads em diferentes categorias, como “quente”, “morno” e “frio”. Isso ajudará a equipe de marketing e vendas a identificar rapidamente quais leads devem ser priorizados e quais precisam de mais nutrição.

4. Automatize a comunicação com os leads

Configure automações de marketing para engajar os leads com base na pontuação deles. Por exemplo, leads com pontuação alta podem receber e-mails de acompanhamento mais frequentes e personalizados, enquanto leads com pontuação mais baixa podem ser incluídos em campanhas de nutrição.

5. Realize testes

Execute testes A/B para avaliar a eficácia das regras de pontuação e das campanhas automatizadas. Ou seja, experimente diferentes abordagens para ver quais estratégias geram os melhores resultados em termos de engajamento e conversão de leads.

6. Revise e ajuste periodicamente

O mercado e o comportamento dos leads podem mudar ao longo do tempo. Por isso, é fundamental revisar e ajustar o sistema de Lead Scoring para garantir que ele continue relevante e eficaz. Faça ajustes baseados nos feedbacks da equipe e nos dados de desempenho.

Melhores ferramentas de Lead Scoring

Como citamos, existem diversas ferramentas de automação de marketing que facilitam a implementação de Lead Scoring. Cada uma oferece funcionalidades específicas que podem ajudar a qualificar e priorizar seus leads de forma eficaz. A seguir, exploramos algumas opções disponíveis no mercado.

1. Lead Scoring no RD Station

Lead Scoring no RD Station
Exemplo de Lead Scoring no RD Station. Captura de tela.

O RD Station é uma plataforma amplamente utilizada no Brasil para estratégias de Inbound Marketing, que oferece soluções robustas de automação para Lead Scoring. Alguns dos principais recursos incluem:

  • Pontuação personalizável: Permite definir e ajustar critérios de pontuação;
  • Integração com CRM: Facilita a sincronização das pontuações com sistemas de CRM, garantindo que a equipe de vendas tenha acesso a informações atualizadas;
  • Automação de marketing: Oferece a criação de fluxos de nutrição personalizados com base na pontuação dos leads, aumentando o engajamento e a conversão;
  • Relatórios e análises: Fornece relatórios sobre o desempenho dos leads e das campanhas, permitindo ajustes contínuos na estratégia de Lead Scoring.

2. Lead Scoring no ActiveCampaign

Lead Scoring no ActiveCampaign
Entre os recursos do ActiveCampaign está o lead tracking, com atividades de conversão dos leads. Imagem: ActiveCampaign.

O ActiveCampaign combina a automação de e-mails, CRM e Lead Scoring em uma única solução. Alguns de seus recursos principais são:

  • Automação de pontuação: Permite a criação de regras automáticas para pontuação de leads com base em ações específicas;
  • Segmentação dinâmica: Cria segmentos dinâmicos de leads com base na pontuação, permitindo campanhas de marketing direcionadas e personalizadas;
  • Integração com CRM: Sincroniza automaticamente as pontuações com o CRM;
  • Relatórios e rastreamento: Oferece relatórios e rastreamento de engajamento dos leads.

3. Lead Scoring no HubSpot

Lead Scoring no HubSpot
Exemplo de card de contato do HubSpot.

O HubSpot Marketing é uma das plataformas de automação de marketing mais conhecidas e oferece um conjunto completo de ferramentas para Lead Scoring. Entre seus recursos destacam-se:

  • Lead Scoring automático: Utiliza inteligência artificial para atribuir pontuações automaticamente com base em critérios predefinidos e no comportamento dos leads;
  • Segmentação avançada: Permite segmentar leads em diferentes listas com base na pontuação, facilitando campanhas de marketing direcionadas;
  • Integração com CRM: A integração com o CRM da HubSpot proporciona uma visão unificada dos leads e suas pontuações para a equipe de vendas;
  • Análise de desempenho: Disponibiliza dashboards e relatórios para monitorar a eficácia do Lead Scoring e das campanhas de marketing.

4. Lead Scoring no Salesforce

Lead Scoring no Salesforce

Automações de Lead Scoring no Salesforce com a IA Einstein.
Imagem: Salesforce

O Salesforce é uma das plataformas de CRM mais flexíveis, com capacidades avançadas de Lead Scoring integradas em seu sistema, o Salesforce Marketing Cloud. Seus principais recursos incluem:

  • Pontuação personalizável: Oferece flexibilidade para definir regras e critérios de pontuação específicos para o seu negócio;
  • Inteligência artificial: Utiliza IA para prever a probabilidade de conversão dos leads e ajustar automaticamente as pontuações;
  • Fluxos de trabalho automatizados: Facilita a criação de fluxos de trabalho automáticos que se adaptam com base na pontuação dos leads. O objetivo é melhorar a personalização, o timing das interações e o repasse de leads para equipes de vendas;
  • Análises avançadas: Fornece insights sobre o comportamento dos leads e a performance das campanhas, ajudando a otimizar continuamente a estratégia de Lead Scoring.

Conclusão

Implementar um sistema de Lead Scoring eficaz pode transformar suas estratégias de marketing e vendas, permitindo que sua equipe se concentre nos leads com maior potencial de conversão. 

Por isso, ao adotar e personalizar o Lead Scoring na sua empresa, você poderá aumentar a eficiência das suas campanhas, melhorar o engajamento com seus leads e, consequentemente, elevar suas taxas de conversão. 

Comece a aplicar essas práticas e veja como elas podem impulsionar seus resultados.

Gostou do Artigo? Continue acompanhando o Marketing na Prática, o seu portal de Inbound Marketing!

– Leia também: Outbound e Inbound Marketing: te ajudamos a escolher a estratégia ideal para seu negócio