Como Atrair Clientes Através das Redes Sociais

O Brasil é o país da América Latina que mais utiliza as redes sociais. Aqui as redes já são parte da vida das pessoas e, justamente por isso, viraram ferramentas poderosas de comunicação, essenciais para atrair e fidelizar clientes.

Conheça 5 dicas para você impulsionar seu negócio, utilizando as mídias sociais.

Dica 1 – Saiba usar cada os canais de comunicação

É fundamental entender as particularidades de cada rede social para usá-las da melhor forma possível e agregar na comunicação da sua empresa.

Instagram

O Instagram muitas vezes é usado para mostrar o cotidiano do negócio, com fotos e vídeos curtos.

Aprender como vender no Instagram oferece às empresas de todos os tamanhos oportunidades incríveis de atingir seu público-alvo e impulsionar as vendas.

De grandes marcas a lojas familiares locais, empresas em todo o mundo estão gerando resultados com esta mídia.

De acordo com pesquisas, 75 por cento dos usuários do Instagram agem, como visitar um site ou fazer uma compra, depois de ver os anúncios do Instagram.

Você pode abusar de hashtags que tenham a ver com seu negócio e de stories, buscar apoio de influenciadores e promover vendas, aliado ao whatsapp.

O perfil de negócios do Instagram está se tornando a nova página inicial à medida que mais e mais consumidores estão recorrendo a ele em vez do Google para pesquisar marcas.

Isso significa que você deve aplicar tanto tempo e esforço com a curadoria de um feed do Instagram bem projetado, quanto se estivesse criando seu site.

Seu perfil de negócios no Instagram deve incluir:

Foto do perfil: escolha uma foto da marca, como um logotipo, e facilite a identificação da sua empresa.

Biografia bem elaborada: sua biografia do Instagram é extremamente importante. Deve incluir uma descrição clara do seu negócio, falando ao seu público. Deixe-os saber exatamente o que você tem a oferecer.

Ao criar uma história e estética de marca consistente, você pode transformar novos clientes em seguidores dedicados, o que significa que eles estarão a apenas alguns passos de investir em seus produtos.

Link para sua loja: a seção de URL da sua biografia é o único link clicável que você pode adicionar à sua página do Instagram, então certifique-se de que está usando!

Este é um ótimo lugar para direcionar o tráfego de suas postagens e histórias individuais. A criação de um URL exclusivo para esta seção também lhe dará a oportunidade de rastrear as visitas ao seu site do Instagram.

Youtube

Gerar receita com seu canal é mais do que simplesmente veicular anúncios.

Na verdade, existem inúmeras abordagens criativas para ganhar dinheiro com os vídeos que você publica, incluindo patrocínios, marketing de afiliados e muito mais.

O Youtube é uma das redes mais consumidas e permite explorar vídeos em diversos formatos, com séries, entrevistas, vídeos ensinando como fazer algo, entre outras várias possibilidades.

Patrocínios e acordos de marca estão se tornando cada vez mais populares agora que as marcas reconhecem que os YouTubers podem ajudar a colocar seus produtos na frente das pessoas certas.

E isso não é apenas para canais enormes com milhões de inscritos. Canais menores podem ser ideais para certas marcas, porque apelam para um grupo de nicho muito específico.

Patrocínios e negócios de marca vêm em uma variedade infinita de formas e tamanhos, sendo o mais comum:

Vídeos patrocinados: esta é a maneira mais direta de fazer parceria com uma marca. Você simplesmente cria um vídeo normal para o seu canal e em algum lugar desse vídeo, geralmente no início, você diz: “Esse vídeo é patrocinado por X”.

Em seguida, faça uma breve descrição desse produto ou marca.

Posicionamentos de produtos: os posicionamentos de produtos tendem a ser mais sutis do que o patrocínio direto de um vídeo.

Em vez de uma introdução comercial de estilo de pausa, você tece o produto em seu vídeo. Isso pode ser apresentando aquele produto em ação, uma unboxing ou simplesmente mostrando o produto brevemente no vídeo.

Seja proativo: a menos que seu canal tenha muitos inscritos, não espere que as marcas batam na sua porta.

Em vez disso, entre em contato com as marcas e diga-lhes por que devem fazer um acordo com você.

A melhor forma de encontrar essas marcas é criando uma lista das marcas que já fazem parceria com outros canais do seu nicho.

Use FameBit: FameBit é como um serviço de encontros que conecta criadores e marcas que desejam fazer parceria com YouTubers. Pode ser útil para encontrar marcas que possam ter interesse em seu canal.

Facebook

O Facebook é uma ferramenta que pode reforçar a presença digital da empresa por meio da interação com os clientes.

Uma página do Facebook é onde você pode construir uma comunidade de fãs de sua marca, educar e mudar a opinião de seu cliente e, claro, vender diretamente para quem está interessado em seus produtos.

O segredo é que você precisa aumentar os seguidores de sua página todos os dias, gerenciar seu conteúdo de forma estratégica e criativa para manter o interesse deles em sua página.

Construa uma página com elementos otimizados ao máximo, estabeleça um volume-alvo de seguidores, em que todas as suas ações para atrair usuários do Facebook devem se concentrar e elabore um plano de curadoria de conteúdo criativo, mas altamente relacionado, para impressionar seus fãs.

Transforme o Messenger em um canal de atendimento ao cliente

As pessoas estão conversando no Facebook mais do que em qualquer outro provedor de mensagens.

O Facebook transformou o Messenger em um canal de vendas. Portanto, você deve adicionar o Messenger à sua lista de canais de suporte ao cliente.

Escreva anúncios que podem gerar alta conversão

Postar no Facebook não é mais suficiente para as marcas crescerem, porque as postagens só podem atingir seus seguidores atuais.

A fim de direcionar mais público potencial para vender no Facebook, torná-los seus fãs e convertê-los em seu negócio, você precisa executar anúncios no Facebook e maximizar seu ROI, otimizando todos os elementos que tornam um anúncio no Facebook perfeito.

Você não precisa ser um redator ou designer profissional para criar anúncios inspiradores e que podem transformar os espectadores em seus seguidores.

Lembre-se apenas destes princípios ao projetar a imagem e o texto de seus anúncios:

  • É visual
  • É relevante
  • Inclui pelo menos 1 valor atraente para seus clientes-alvo
  • E tem uma mensagem de apelo à ação clara

Twitter

O twitter apresenta características bem peculiares entre todas as mídias sociais, por isso você deve avaliar se ele faz sentido para o seu negócio. Conheça algumas dicas:

Escuta social hiperativa

Em vendas tradicionais, você nunca lidera com seu argumento de venda. Em vez disso, você escuta o problema do cliente em potencial para identificar uma oportunidade que seu produto pode resolver.
Com a venda social, ouvir é igualmente crítico. Com o Twitter, você pode ouvir milhares de clientes em potencial simultaneamente, enquanto eles compartilham o que pensam coletivamente.

Use as listas do Twitter para agrupar clientes em potencial da maneira que fizer mais sentido para sua estratégia de vendas.

Aqui estão algumas categorias para organizar suas listas:

  • Títulos de trabalho
  • Empresas
  • Geografia
  • Pessoas que você conheceu pessoalmente

Envolva-se, não venda

Depois de ver o tweet de um cliente em potencial, você pode apenas twittar seu argumento de venda, certo?

Não necessariamente. Se você aparecer de repente pedindo para ele comprar seu produto, está basicamente usando o mesmo método antigo que não funciona mais.

Em vez disso, reserve um tempo para se tornar uma presença familiar para seus potenciais clientes.

Interaja com eles respondendo aos tweets, quando tiver algo relevante a acrescentar.

Com essa interação, seu cliente em potencial provavelmente irá segui-lo de volta, colocando seus tweets em sua linha do tempo enquanto reconhece seu nome, quando a oportunidade de iniciar uma conversa de vendas finalmente se apresentar.

Coloque o social em suas vendas

Pense no tipo de conteúdo que você tweeta. Sua linha do tempo deve transmitir sua experiência no setor e no produto, ao mesmo tempo em que é útil para seus seguidores.

O sucesso em vendas geralmente envolve a construção de relacionamentos. Use o Twitter para aumentar seus esforços de vendas e construir relacionamentos em escala.

Você pode então alavancar esses relacionamentos, quando for o momento certo para ter uma conversa sobre vendas.

Whatsapp

Mesmo não sendo uma rede social, o whatsapp também é importante, porque você pode convidar seus clientes nas redes sociais para terem maiores explicações via whats, permitindo uma negociação personalizada.

Mas fique atento, pois essa interação deve ser feita de forma consciente e não evasiva.

Dica 2 – Comunicação de qualidade

As redes sociais são espaços muito visuais, por isso, é importante utilizar materiais e imagens de boa qualidade.
Pensar em ações focadas para a interação também é fundamental para conquistar engajamento do público.

Solte a criatividade. Você não precisa publicar só conteúdos da empresa. Você pode diversificar com temas associados.

Por exemplo, se você tem uma loja de roupas, pode divulgar também conteúdo de moda e tendências.

Dica 3 – eCommerce

Não é imprescindível ter um eCommerce para ter uma presença marcante nas redes sociais. O empreendedor deve avaliar a real necessidade e a viabilidade de desenvolver esse canal de vendas.

Cada alternativa tem uma finalidade e gera uma oportunidade, mas também traz o ônus da implantação e gestão desse sistema.

Por isso, você deve analisar o que é mais interessante para o seu negócio de acordo com a sua realidade.

Lembre-se que é possível comercializar produtos pelas redes sociais.

Como foi mencionado na primeira dica, você pode utilizar o Instagram, encaminhar para o Whatsapp e fechar a venda por lá, utilizando um meio de pagamento online.

Mesmo assim, você precisa se organizar para não prejudicar o cliente, nem o seu negócio.

Dica 4 – Gestão

Existem várias ferramentas que podem ser utilizadas para apoiar a gestão das redes sociais de sua empresa.

É possível programar postagens, acompanhar as métricas dos canais, a evolução dos seguidores, engajamento, alcance das páginas, entre outras coisas.

Mas é importante utilizar um perfil empresarial para acompanhar esses dados. Assim, você fará uma gestão mais assertiva das suas redes.

Dica 5 – Público-alvo

É fundamental definir o perfil do público-alvo que você deseja atingir, para que seja feita uma comunicação mais eficaz e eficiente.

As redes sociais permitem que as informações sejam direcionadas de forma muito precisa e para um público muito específico, diferente de outros canais de comunicação, como jornal impresso ou televisão, que falam para um público em geral.

É importante também impulsionar, pagar posts patrocinados que permitem direcionar a mensagem para um público maior e que não seria possível de forma orgânica.

Ou mesmo, direcionar uma determinada comunicação para um público bem definido, sem que apareça na linha do tempo do seu perfil, conhecido como dark punch.